Tokio Hotel no Brasil em 2010

Tokio Hotel, a banda mais bem sucedida atualmente da Alemanha confirmou o esperadíssimo primeiro show em solo brasileiro em 2010, no fim do mês de agosto. O Tokio Hotel trouxe a Welcome to Humanoid City Tour ao país, com apresentação única na cidade de São Paulo marcada para o dia 23 de novembro de 2010.

Para ver fotos clique aqui.
Para ver vídeos clique aqui.

Tokio Hotel no Brasil em 2010

th via funchalDivulgação no dia do show, na Via Funchal

Foi, também, a primeira vez da banda na América do Sul, com shows no Brasil, Peru e Chile. A primeira parada foi no Brasil, onde Bill e Tom Kaulitz, Gustav Schäfer e Georg Listing desembarcaram um dia antes da apresentação, que aconteceu na antiga casa de shows Via Funchal. A logística por trás da turnê não trouxe ao Brasil o show completo, somente o básico: telões, a moto e o piano. Porém, os trajes permaneceram os mesmos da turnê europeia, que faziam Bill brilhar no escuro. O último show da turnê dos alemães havia sido em agosto, na Cidade de Singapura, em um festival.

Conferência de Imprensa

O primeiro compromisso da agenda da banda por aqui foi a Conferência de Imprensa local, que aconteceu no Hotel Fasano, no início da tarde do dia 23. No bate-papo, eles disseram ter visto alguns vídeos na internet de fãs acampando em frente à casa de shows, e ficaram espantados em saber de uma fã que viajou 25 horas de ônibus para vê-los. “Mesmo? Mais de 25 horas?” Perguntou Bill Kaulitz impressionado. “E eu achei que fosse duro para nós, que vivemos na estrada e acabamos de chegar de um voo de 30 horas. Mas é gostoso dividir esses momentos com os fãs”, completou. Ainda na coletiva, Bill revelou que a banda estava animada com a vinda ao Brasil: “Estamos ansiosos para o show de hoje. Demorou um tempo para a gente tocar no Brasil. Mas, finalmente, estamos aqui. Estamos bem felizes e não vejo a hora de ver nossos fãs e tocar para eles nessa noite.

th coletiva imprensaTokio Hotel na coletiva de imprensa local, no Hotel Fasano

Via Funchal

Os alemães chegaram ao local do show, a Via Funchal, em dois carros, por volta das 15h. Muitos fãs já estavam os aguardando no portão de entrada dos fundos da casa. A gritaria com a chegada da banda foi fora de controle, com os fãs emocionados e ao mesmo tempo desacreditados de que, finalmente, depois de tanta espera por um show no Brasil, o Tokio Hotel ali estava.

Meet & Greet

Mais tarde, houve um Meet & Greet da banda com fãs ganhadores de promoções e alguns membros de fã clubes brasileiros.

th meet 2010Tokio Hotel no Meet&Greet que aconteceu antes do show

Concerto

Os portões da Via Funchal foram abertos às 20h30. Os fãs corriam as escadarias da casa para garantir o melhor lugar lá dentro. Quase na hora do show, com início marcado para as 22h, a galera gritava e chamava pela banda em cada apagar das luzes. A abertura do show foi em introdução à primeira música, Noise, momento em que a cortina branca que escondia o palco subiu, revelando o quarteto alemão. Bill surgiu de um elevador interno da plataforma mais alta do palco, de óculos escuros e competindo com os gritos dos fãs nos primeiros versos.

Logo em seguida, Human Connect To Human e a favorita de tocar ao vivo de Gustav, Break Away, deram continuidade ao setlist. Bill tirou a parte de cima do primeiro figurino e interagiu com a plateia, dizendo: “Demoramos para vir aqui, mas definitivamente está ótimo. Preparados para se divertir?” Com os gritos de aprovação, foi a vez de Pain Of Love, na qual o vocalista foi para a passarela que saía do centro do palco e chegava até a pista premium, ficando ali por pouco tempo devido ao alvoroço dos fãs. Depois, enquanto Bill trocava de roupa, uma breve introdução para a próxima música, World Behind My Wall, iniciou-se com um vídeo nos telões, mostrando imagens do muro de Berlim. Em seguida veio Hey You, acompanhada das labaredas de fogo que saíram das laterais do palco. Bill dedicou Alien a “todos que já se sentiram estranhos alguma vez”, e, durante a música, houve até uma paradinha para o público cantar. Ready, Set, Go! foi a próxima e animou bastante a plateia.

Um vídeo iniciou nos telões com imagens dos bastidores desde o início da carreira da banda antes do set acústico, que foi um dos pontos altos do show, no qual Bill, Tom e Georg sentaram-se em banquinhos no centro do palco para tocar Humanoid, na versão alemã. Bill sorria bastante e parecia impressionado com a recepção do público, que cantava alto desde o início do show. “Obrigado! É tudo o que posso dizer. Obrigado do fundo do meu coração pelo apoio e o amor de vocês”, ele agradeceu emocionado, também dizendo ser aquele um momento especial. Ainda sentados, veio “a melhor parte do show”, nas palavras de Bill. Para retribuir todo o apoio e amor dos fãs, ele diz que não estão em muitas pessoas no palco, mas que tentarão fazer o máximo de barulho possível. A banda largou os instrumentos e aplaudiu a plateia em agradecimento. Depois, o setlist seguiu com Phantomrider, também em versão acústica.

Luzes azuis e vermelhas piscavam sem parar para o início de Dogs Unleashed, com Bill surgindo sentado em uma moto, novamente de óculos escuros e com outro figurino, na parte de cima do palco. Love&Death é a próxima, com destaque para os vocais de Bill no refrão. O show continuou com a melodia de In Your Shadow, seguindo com o tão esperado single Automatic e, depois, Screamin. Bill agradeceu novamente e anunciou que a próxima música seria a última da noite. Darkside Of The Sun começa, também com chamas sincronizadas saindo do palco.

th show 2010 dstsDarkside Of The Sun, com chamas no palco

Após uma pausa, veio o momento de maior destaque do show: Tom aparece em um piano com Bill ao lado, na parte superior do palco, para Zoom Into Me. No último refrão, o piano pega fogo, enquanto Tom permanece tocando o instrumento em chamas. Os fãs foram ao delírio com a apresentação.

Finalmente, o grande hit de sucesso do Tokio Hotel tomou conta do local em seguida, Monsoon. Bill andou por todo o palco, animado com o coro dos fãs durante toda a música, gritando “São Paulo” e “Obrigado”, enquanto Tom e Georg foram para a passarela junto dos fãs. Depois de terminada a música, Gustav aproximou-se para fazer a famosa “ola” com a plateia nos shows.

As luzes apagaram-se com a saída da banda do palco, e a pausa para o último bis foi preenchida com gritos eufóricos, “Tokio Hotel! Tokio Hotel!”. Forever Now encerrou a noite, com Bill em seu sexto figurino da turnê. Ele andou mais uma vez pela passarela, agradeceu com um último “Obrigado!”, e a chuva de papel picado no fim da música dava adeus à Humanoid City.

A primeira apresentação da banda alemã em solo brasileiro teve 1h30 de duração e reuniu um público de aproximadamente 5 mil fãs, com faixa etária entre 12 e 25 anos. A plateia fez com que o vocalista se sentisse a vontade: “Nós estamos tão longe de casa, obrigado por fazer com que São Paulo pareça como casa para nós. Obrigado a todos”, Bill disse em um momento do show.

Adeus :'(

O Tokio Hotel deixou o Brasil no dia seguinte para sua segunda apresentação na América Latina, na cidade de Lima, Peru, no dia 25 de novembro de 2010.

bill e tom kaulitz aeroporto 2010Bill e Tom Kaulitz no aeroporto, deixando o Brasil

Em entrevista na cidade de Lima, Tom Kaulitz lembrou de uma garota que estava na primeira fileira “nua”, por um tempo isso foi piada no fandom. A Welcome To Humanoid City Tour terminou no dia 2 de dezembro, na Cidade do México, onde aconteceu o último show da turnê que realizou o sonho da banda de tocar em Tóquio mais tardiamente, no dia 15 do mesmo mês.

Para assistir mais vídeos do Tokio Hotel no Brasil, confira nossa playlist no YouTube:


(c) Conexão Tokio Hotel Brasil

Favor creditar caso for copiar!

One Comment

  1. Pingback: 5 anos! Relembre Tokio Hotel no Brasil em 2010 — Conexão Tokio Hotel Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *